Categoria: Lista

Caso não aceite a medicina convencional, na próxima vez que quebrar uma perna procure a medicina humoral, iatromecânica, medicina brunoniana, garrafadas, perkinismo, cinepatologia, electrobiologia, homeopatia, isopatia, florais de Bach, psicanálise, novo pensamento, medicina antroposófica, frenologia, quiropraxia e o movimento anti-vacina.

A psicologia nasceu como uma ciência experimental com a organização do laboratório de pesquisas psicologia por Wilhelm Wundt na Universidade Leipzig em 1879. Desde então, vários experimentos — quer em ambientes controlados, quer em observações — consolidaram o conhecimento científico dessa disciplina. Alguns mais citados são esses que seguem. O cão de Pavlov Pavlov, Ivan P. (1927). Conditioned reflexes: […]

Filmes são excelentes meios para aprender um pouco sobre a vida, o contexto e, às vezes, até mesmo algumas ideias dos grandes filósofos. Infelizmente, nem todos tiveram uma biografia hollywoodiana que apelasse aos produtores de cinema. Alguns dos filósofos que transcenderam o “nasceu-escreveu-algo-que-ninguém-leu-e-morreu” e chegaram às telas são: Confúcio Confucio: A Batalha pelo Império (2010) […]

O Google disponibilizou dados das citações acadêmicas do google acadêmico e uma análise feita por Elliott Green do London School of Economics revela quais títulos de livros são mais citados nas ciências sociais e na filosofia. A surpresa é ver Paulo Freire como o terceiro autor mais citado, a frente de autores como Marx, Weber e Adam Smith. Nota […]

A combinação de didática abstrata, penosa decoreba e conceitos esotéricos no ensino da matemática incute o horror em boa parte dos estudantes.  Quem cresceu com esse trauma – sou um deles – pode ter uma segunda chance com bons livros, ficção e não ficção, que ensejam um deslumbramento com a matemática. FICÇÃO O homem que […]

Já pensou em ler mais de 6.000 páginas de 41 obras só para uma disciplina em um semestre da faculdade? O poeta e crítico literário britânico-americano W. H. Auden (1907-1973)  enquanto lecionou na Universidade do Michigan no ano acadêmico de 1941–1942 estabeleceu esta lista de leitura para a disciplina “Destino e o indivíduo na Literatura […]

  Algumas dicas de leituras para quem quer se aventurar pela história da arte, rever alguns conceitos e grandes peças artísticas ou simplesmente aproveitar a beleza através dos tempos. São todos livros introdutórios, com foco na arte ocidental, servindo como obras de referências. Ler um desses livros é um meio prazeroso de ter um panorama da história […]

É um tanto paradoxal ter uma lista em uma lista de desejos. Umas das variantes do paradoxo de Russell, o dos catálogos, pode ser expresso da seguinte forma: se uma lista contém todas as listas que não listam elas próprias, essa lista se listaria? Aliterações à parte, o livro de Umberto Eco A vertigem das listas meta-cataloga essa obsessão humana em ordenar o universo.