Um panorama da filologia

Como uma das mais antigas disciplinas acadêmicas ajuda a desvendar textos e interpretar o mundo.

Pardes: os níveis da exegese judaica

Os múltiplos níveis de interpretação da exegese judaica elucidam obras abertas.

Como citar em trabalhos acadêmicos

Citações e referências são partes fundamentais da escrita acadêmica. Pode ser assustador, mas a arte de citar é relativamente simples. Para alguns colecionar citações é um passatempo, para outros uma rotina tediosa. Mas um pesquisador cuidadoso anota suas fontes, quer leituras, quer notas de campo, em fichas ou programas de gestão de notas, como OneNote,... Continuar Lendo →

E isso não é Magritte. Peixe-boi não é peixe nem é boi. A confusão entre o objeto e sua representação -- quer verbal, pictórica ou conceitual -- é chamado de falácia referencial pelo semiótico Umberto Eco (2003) ou, em sua variante em diversas ciências sociais e humanidades, reificação. Em termos simples, na falácia referencial há a... Continuar Lendo →

Listas, vertiginosas listas

É um tanto paradoxal ter uma lista em uma lista de desejos. Umas das variantes do paradoxo de Russell, o dos catálogos, pode ser expresso da seguinte forma: se uma lista contém todas as listas que não listam elas próprias, essa lista se listaria? Aliterações à parte, o livro de Umberto Eco A vertigem das listas meta-cataloga essa obsessão humana em ordenar o universo.

Umberto Eco: a criação do leitor modelo

Sua bagagem cultural e versatilidade fazem de Umberto Eco um exemplar romancista, cronista, crítico, semiótico, filósofo, medievalista, etc, etc, etc...Mas, há mais dele que mereça ser lido. À parte de suas obras de ficção (O nome da rosa a mais popularmente conhecida), algumas de suas obras de teoria da comunicação A Obra Aberta, O Papel... Continuar Lendo →

Lendo metáforas como metáforas

Há um erro de leitura que pode acontecer tanto aos bons leitores quanto aos maus. Alguns dos primeiros cometem-no, enquanto alguns dos segundos, não. Basicamente, supõe-se uma confusão entre a vida e a arte;  inclusive a incapacidade de reconhecer a existência da arte. Sua manifestação mais rude ocorre ridicularizada no velho conto do rústico que... Continuar Lendo →

Evite o Ur-Fascismo: ou como identificar um totalitário

Umberto Eco lista as 14 características do fascismo. Tristemente atual.

Um site WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: