A isenção da imprensa: Napoleão e o Le Moniteur

images (1)

Para quem acredita na objetividade da mídia, leia as manchetes do Le Moniteur Universal sobre o retorno de Napoleão de seu exílio na Ilha de Elba em março de 1815.

09 de março — O Monstro escapou de seu banimento.
10 de março — O Ogro Corso desembarcou no Cabo Juan.
11 de março — O Tigre mostrou-se em Gap. As tropas avançam por todos os lados para deter o seu progresso. Ele findará sua miserável aventura tornando-se um andarilho entre as montanhas.
12 de março — O Monstro realmente avançou até Grenoble.
13 março — O Tirano está agora em Lyon. Medo e Terror tomam a todos pela sua aparição.
18 de março — O Usurpador aventurou a aproximar-se da capital dentro de 60 horas de marcha.
19 de março — Bonaparte está avançando em marcha forçada, mas é impossível que possa chegar a Paris.
20 de março — Napoleão vai estar dentro dos limites de Paris amanhã.
21 de março — O Imperador Napoleão está em Fountainbleau.
22 de março — Ontem à  noite, Sua Majestade o Imperador fez sua entrada pública e chegou às Tulherias. Nada pode deter o General.

 

One thought on “A isenção da imprensa: Napoleão e o Le Moniteur

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

About leonardomalves