Campeonatos de Futebol

Para quem acha que futebol limita-se ao campeonato europeu, libertadores, paulista, brasileirão e a copa, há campeonatos interessantes e divertidos por aí:

Ba – A vila de Kirkwall, na ilha Orkney ao norte da Escócia, possui um tipo de futebol muito louco: em algumas datas especiais como natal e ano-novo, a vila se reune para disputar uma pelada. A população inteira é divida em duas, Uppies (os de cima) e Doonies (a turma de baixo) e enchem a cara de uísque e se esmurram, chutam, empurram, atropelam, quebram postes, vidraças, portões e costelas. Vale tudo, menos morder e usar armas até chegar no gol.

bany02-0569-10_300

Calcio – em Florença na Itália há o nobilíssimo calcio, esporte renascentista que teve papas entre seus jogadores. Perto do calcio fiorentino o futebol americano e o rugby são afagos delicados. Pancadaria não falta, só não pode dar soco de mão fechada na cara. A quadra é de areia e não falta anabolizantes para os jogadores.

Um campeonato tão internacional quanto a copa do mundo da FIFA é a International Island Games Association IIGA – com várias modalidades desportivas, entre elas o futebol. Os participantes são times de ilhas (exceto Gibraltar que é uma península) e tão remotas que muitas ninguém sabe que existem. Quais delas você consegue apontar no mapa? Åland, Alderney, Anglesey, Bermuda, Ilhas Cayman, Ilhas Falklands (Malvinas), Ilhas Faroe, Frøya, Gibraltar, Gotland, Groenlândia, Guernsey, Hitra, Ilha de Man, Ilha de Wight, Jersey, Minorca, Orkneys, Prince Edward Island, Rhodes, Saaremaa, Sark, Shetlands e Santa Helena.

Se o seu país não foi para a copa da FIFA não chore, tente candidatar a uma vaga na disputadíssima ELF Cup (ELF significa Equality, Liberty, Fraternity, não tem nada a ver com a Revolução Francesa). Qual seu palpite para a melhor seleção: tátaros da Criméia, Găgăuzia, Groenlândia (também participa da IIGA acima, o povo faz qualquer coisa para escapar do gelo), Quirgizstão, Tajikistão (esses dois últimos são membros da FIFA, mas são realistas que dificilmente vão disputar uma copa), Tibet, República Turca do Norte de Chipre e Zanzibar.

A UNPO (organização dos territórios candidatos ao status de país) também organiza sua copa – UNPO Cup. São poucos os participantes: Moluccas do Sul, Southern Cameroons, Papua Ocidental e Chechênia. Quem sabe a República dos Pampas e o Quebec também consigam participar.

Ainda outra copa dos não reconhecidos é a VIVA World Cup, disputada entre a Occitania, Sápmi, Mônaco, Padânia, Arameus Suryoye e Curdistão Iraquiano.

Esses campeonatos são na maior parte organizado pela Nouvelle Fédération-Board, NFB – que reúne os inelegíveis pela FIFA. Além das seleções nacionais já citados há outros times como a lusófona Casamance, a micronação (ficcional) Sealand, os ciganos (Romani), Chagos (povo deportados de sua ilha paradisíaca pelos britânicos para os americanos construírem uma base militar).

Há também a copa do mundo gay realizada pela primeira vez em Buenos Aires em 2007, com a participação de 28 países. Outra organização LGS a International Gay & Lesbian Football Association vai organizar um torneio paralelo a copa em julho, em Colônia, Alemanha.

No Brasil há os Jogos dos Povos Indígenas organizado pela FUNAI, no qual participam trinta etnias, com partidas de futebol.

Agora se você não puder assistir as partidas da copa do mundo da FIFA tem mais alternativas. Não sei se passam em seu canal a cabo.

One thought on “Campeonatos de Futebol

  1. ÓTIMO, LEO! Apesar de eu não gostar tanto assim de esportes, gostei demais de saber mais sobre alternativas modalidades de futebol. Agora poderei dar uma de nerd quando me perguntarem o que sei sobre futebol. Hahaha!

    Seu blog me lembra uma parte do prefácio do livro de Chesterton que tô traduzindo pra você revisar. Ele diz: “Nenhum de nós pensa o bastante sobre essas coisas que o olho ignora. Mas não deixemos o olho descansar. Por que deveria o olho ser preguiçoso? Exercitemos o olho até que aprenda a ver fatos assustadores – que a visão contempla – tão claros quanto uma porta pintada. Sejamos atletas oculares. Aprendamos a escrever ensaios sobre um gato perdido ou uma nuvem colorida.”

    Vou acompanhar seu blog com mais atenção, pois sua forma de escrever e os conteúdos que você escreve são inteligentes, interessantes e menosprezados pela maioria. Como Jesus, você tem interesse em coisas que o pessoal ignora.

    Enfim, gostei demais!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

About leonardomalves